Dica: Jornal RelevO e seu universo cultural


Olá leitores!

Desde fevereiro deste ano sou assinante do jornal impresso RelevO, um periódico literário independente, sem fins lucrativos, feito em Curitiba/PR desde o ano de 2010. Apaixonada por materiais impressos - apesar de estar inserida no universo digital - fiquei encantada pelo RelevO assim que o recebi pela primeira vez! 


Seu editorial plenamente elucidativo sobre a problemática do aumento do valor dos Correios, em contrapartida com a demora no tempo de entrega e a debilidade em garantir o controle financeiro do jornal - uma vez que este é mantido apenas por seus anunciantes e assinantes - bem como um transparente fluxo de caixa descrito em sua primeira página, foram pontos importantes, para garantir minha simpatia e confiança pelo trabalho desenvolvido por Daniel Zanella e toda sua equipe. 


O fato é, que além de toda a clareza referente as informações no que concerne a realidade do RelevO, o conteúdo literário e cultural que ele apresenta, é bastante diversificado e interessante.  Assim, delicia maior é receber mensalmente o impresso em minha casa e fugir do cotidiano com textos que fazem rir, chorar, refletir, entre vários outros sentimentos. 

Entretanto, apesar de todos estes aspectos positivos, não está fácil para o jornal manter-se em nosso universo contemporâneo. Por este motivo, seu editor criou uma campanha, para quem quiser antecipar a renovação da assinatura e assim auxiliar o RelevO em seus trâmites financeiros:



Meus caros assinantes,
Como vocês podem imaginar, não anda fácil ser contemporâneo com um jornal de literatura e de papel. Isso que não podemos lamentar muito, pois já é incrível vocês acreditarem regularmente no nosso projeto, que a cada mês leva até as suas casas um pouco de literatura contemporânea e humor.
Bem, estamos com algumas dificuldades de defender nossos custos atuais. É gráfica que sobe, Correios que aumenta tarifa (e às vezes não entrega o jornal), custo alto de combustível, uma série de fatores que tem feito a gente fechar no vermelho nos últimos meses.
Pensando nisso, pensei por aqui em uma campanha para quem quiser antecipar a renovação da assinatura. Quem achar uma boa ideia, pode escolher um livro de brinde entre os seguintes títulos:
1. "Um milhão de velas apagadas", de Manoel Carlos Karam
2. "Meu pai", de Paulo Venturelli
3. "A moça do corpo indiferente", de Regina Benitez
Aí vocês nos auxiliam a resolver o nosso pequeno incêndio momentâneo, estendem o vínculo com a gente por mais um ano além do vencimento e ainda ganham um desses títulos.
O valor é de apenas R$ 50 ao ano. Você leu certo: ao ano. É mais barato assinar o RelevO do que comer um pastel por mês. Também é mais barato receber o RelevO por um ano do que comer em uma hamburgueria gourmet uma só vez. E se você fizer o RelevO chegar em alguma biblioteca pública ou comunitária do Brasil, esse valor cai para R$ 40. Que acham? (Daniel Zanella - editor)

Abraços e até o próximo post!


Nenhum comentário