Soneto: "Um gosto de saudade" do autor Sidney Gonçalves Reis

Sleepwalker, 2018, by Markus Âkesson

Um gosto de saudade

Derramas, hoje, lágrimas à toa;
Num tolo sentimento de utopia,
Na ânsia de uma hemera fugidia,
Que o coração viveu e ainda ressoa...


Qual belo beija-flor que pousa e voa,
Galanteador à rosa que dormia,
Num beijo, a despertou. Porém , um dia,
Sumiu-se pela bruma – na garoa...

Um gosto de saudade agridoce,
Foi, que restou talvez...(talvez nem fosse
Um gosto ; mas, um sonho idealizado...)

Então na alma, as dores escondidas,
Aos olhos, eis as lágrimas vertidas,
E o doce gosto, está amargurado...
(23-24/108/2018, por Sidney Gonçalves Reis)


Olá leitores!

Hoje fiz o inverso: primeiro apresentei o texto e depois venho falar com vocês. Mas porquê fiz isso? Bem tanto me impactou este soneto que não quis quebrar a magia contida nele, com uma introdução. Faz anos, que tento trazer a obra lírica do meu amigo Sidney Gonçalves Reis, para encantar vocês leitores aqui do blog, mas, em virtude da correria diária, ele sempre me deu um chá de cadeira. 😅😅

Mas, finalmente ei-lo aqui com sua escrita bela, por vezes rebuscada, intensa, intrigante e apaixonante! Somos amigos de longa data, nos conhecemos durante nossa graduação em Letras e desde aquela época sou uma admiradora de sua mente poética e para minha alegria, ele finalmente estará presente no blog, como autor convidado, para compartilhar conosco sua encantadora escrita poética.

Sobre o autor:  
Gonçalves Reis  nasceu em São Paulo no ano de 1974. Apaixonado por literatura desde menino, após muitos contos e poemas, entrou no site Recanto das Letras, onde tem centenas de contos, sonetos e poemas publicados.  Formou-se em Letras pela UNISA/SP e pós graduou-se em Tradução pela Universidade Anhanguera.  Criou o blog Concerto de Leitura e Cia , para divulgação de textos, poemas e afins de sua autoria. 



A Literatura é o único vírus que ninguém quer se curar, pois ele transmite a Sabedoria. (Sidney Gonçalves Reis)

Abraços e até o próximo post!


Nenhum comentário