Resenha: Diário de Uma Paixão - Nicholas Sparks




Meu Deus, que livro lindo! Nicholas Sparks caprichou muito neste romance e me fez chorar, mais do que os outros livros. Faz um bom tempo que li Diário de uma paixão, e mesmo depois desse tempo, relendo os pontos que mais gostei do livro me emociono, e com o filme então?

Neste livro conhecemos Duke, um senhor que mora em uma clínica de repouso, que gosta de ler poemas para os pacientes e um diário para uma senhora que sofre de Alzheimer, já em um estado muito avançado. Nesse diário contém uma linda história de amor, sobre Allie e Noah, que tenho certeza que vai encantar o leitor nas primeiras páginas. 


Título Original: ThE NOTEBOOK 
● Autor: Nicholas Sparks
 Ano: 2015 Lançamento Arqueiro
● Gênero: Romance,
● Editora: Arqueiro

Duke é um homem simples com uma vida modesta, mas amou alguém de todo o coração e, para ele, isso sempre foi suficiente. Na clínica de repouso em que vive, Duke se dedica a ler poemas para os outros pacientes, mas, para uma senhora que sofre de Alzheimer – e somente para ela –, lê um diário especial à espera de que um milagre aconteça.

Nele está escrita a emocionante história de Allie Nelson e Noah Calhoun, dois jovens que descobrem o verdadeiro significado da paixão, mas são separados por uma série de obstáculos e mal-entendidos. Muitos anos depois, a vida dá conta de uni-los novamente e a paixão volta com todo o seu fulgor. Já noiva de um bem-sucedido advogado, Allie precisa optar entre manter o rumo estável de sua vida e se entregar ao verdadeiro amor, correndo todos os riscos. Com a leitura do diário, Duke recorda a própria vida e, às vezes, a senhora consegue romper as barreiras da doença e retomar sua antiga identidade alegre e vivaz. E, sempre que isso acontece, Duke tem a certeza de que o amor relatado nas páginas do diário é a força mais poderosa do Universo.



A historia começa em Outubro de 1946, na pequena cidade de Nova Berna, Carolina do Norte. Allie, é uma adolescente rica, vai para Nova Berna passar um verão, onde seu pai tem negócios. Lá ela acaba conhecendo Noah e a atração deles é instantânea, como um imã.



Não sou especial; disso estou certo.

Sou um homem comum, com pensamentos c
omuns e vivi uma vida comum.

Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome, e
m breve será esquecido, mas amei outra pessoa c

om toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou.

Durante o verão inteiro eles não se desgrudam e isto faz o livro ser incrível para mim. O modo que Noah ama Allie é lindo, me encantou, e ele ser tímido, torna a história mais linda! Só que vocês sabem, nada é mil maravilhas e a família de Allie descobre esta paixão e devido a diferença de classe social, proíbem que eles se vejam. Mesmo assim, eles se  encontram escondidos, até o dia em que Allie precisa ir embora para sua casa em Raleigh.

Passam-se 14 anos e nenhum tem notícia do outro, mas para Noah, a paixão é a mesma, ele sempre irá amar Allie da mesma forma de quando eram adolescentes. Mas a vida não é nada fácil, Noah vai para a guerra e quando retorna, decide reformar uma casa e isto acaba virando notícia de jornal e despertando a atenção de Allie, porém, ela não está mais sozinha, é noiva de um advogado conceituado. Inventando uma desculpa, Allie, decide procurar Noah, pois precisava vê-lo nem que fosse apenas mais uma vez, pela última vez…

A razão por que a despedida nos dói tanto é que nossas almas estão ligadas. Talvez sempre tenham sido e sempre serão. Talvez nós tenhamos vivido mil vidas antes desta e em cada uma delas nós nos encontramos. E talvez a cada vez tenhamos sido forçados a nos separar pelos mesmos motivos. Isso significa que este adeus é ao mesmo tempo um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá.

Gente me encantei com o final, chorei muito! Tudo bem que não tem como não chorar, o livro é lindo e o final que o autor desenvolveu encanta muito. Tenho certeza que essa história vai prenderá todos os leitores.


Nicholas Sparks nasceu em 1965 em Omaha, Nebraska. Cresceu em Fair Oaks na Califórnia e vive atualmente na Carolina do Norte com a família. Foi durante algum tempo delegado de informação médica até que Theresa Park, agente literária, decidiu começar a representá-lo, vendendo os direitos do seu primeiro romance O Diário de uma Paixão (The Notebook) à Warner Books. O sucesso foi imediato e a obra permaneceu durante 56 semanas consecutivas nos tops americanos. Seguiram-se livros como As Palavras que Nunca te Direi (Message in a Bottle) e Um amor para recordar (A Walk to Remember), Corações em Silêncio (The Rescue) também eles sucessos editoriais de grandes proporções, tendo o primeiro sido adaptado para versão cinematográfica pelo próprio autor. 


0 recadinhos