Poema: Beijar Assim... - Gonçalves Reis


Beijar assim molhado
Eu quero-te querida
A chuva nos molhando
Celebra-nos a vida... 

Depois de saciado
De beijos de amor 
Andamos ao sereno
Pra refrescar o ardor... 


A lua nos brindando 

Naquele brilho intenso 
Desperta novamente 
O nosso amor imenso... 

Então recomeçamos 
O jogo da libido 
Alegre nós ficamos 
Por termos revivido 

Aquele doce enlace 
De novo um'outra chance 
Vivemos oh querida 
O amor de um romance... 
29/12/07

0 recadinhos