Poema: A Flor da Saudade - Gonçalves Reis

Uma flor faceira nasce
Aonde eu não sei bem
Porém ao peito esse impasse
É flor em saudade que vem...

Quem dera, que, então voltasse,
Momentos que estão além
No Reino do "Foi-se" e " Ah-se..."
Dos sonhos do amor e bem...

Então a saudade aperta
Machuca, sim, mas conforta
Saudade palavra certa
Em folha virada - morta...
08/12/08

0 recadinhos