Poema: Era Você

Era você que eu esperava tanto,
Nos sonhos que eu tive desde então,
Era você – mulher – o meu encanto,
Que eu me dediquei com devoção...

Era você a origem do meu pranto,

Quando me achava em grande escuridão,

Era você meu verso e, também canto,
Que eu fantasiei em luz – em vão...

Era você princesa do castelo,
Que construí – em ouro e cristal –
Com todo meu carinho e anelo...

Porém, passou-se o tempo; e, de repente,
A tempestade foi fenomenal,
E não deixou vingar essa semente...
20/07/09 – (00h:19m)

0 recadinhos