Resenha: Belo desastre: 1 - Jamie Mcguire



Vou confessar que quando esse livro chegou aqui em casa eu fiquei curiosa, mas acabei deixando ele de lado, por não saber do que se tratava. Se arrependimento matasse, já estaria enterrada faz tempo kkkkk. Belo Desastre, é daqueles livros chiclete, você não consegue esquecer a bendita história nunca. Olha eu tentei pegar outro livro para ler depois desse e não deu certo, tive que largar o livro e ficar suspirando por Travis Maddox, a você não sabe quem ele é? Vou te explicar depois da sinopse kkkkk.


Sinopse: Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão. E acredita que seu passado sombrio está bem distante, porém, quando, para cursar a faculdade, se muda para uma nova cidade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy do local: Travis Maddox. Um jovem com um corpo esculpido, abdômen definido e braços tatuados. Tudo que Abby precisa – e deseja – evitar. Mas o menino é um conquistador e logo se depara com a resistência de Abby ao seu charme, Intrigado, Travis a atrai com um jogo. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, nem passa pela cabeça do garoto que ele acaba de se deparar com uma adversária à altura.

Antes conhecido por Travis “cachorro louco” Maddox e agora conhecido como Baby, ele é o cara mais cobiçado da universidade Easten, sem mais delongas todas as meninas ficam de quatro pelo cara. Desculpe o meu modo de falar, é que tenho que expressar tudo que senti lendo esse livro. Travis, não quer uma namorada, somente sexo casual (isso me irritou nele). Sua fama é tremenda, mas quem disse que o cara liga? Ele não está nem ai. Mas tudo muda quando ele conhece Abby, ou melhor, a Beija-flor. 

Abby Abernathy é totalmente diferente de Travis, ela não bebe e é bem patricinha. Odeia seu passado e quer ficar o mais longe possível dele, mas tudo muda quando vai a uma luta com a sua melhor amiga, e é lá que ela conhece Travis e assim, começa a relação conturbada dos dois. 

No inicio pensei que seria uma leitura meio morna mas, fiquei viciada já na segunda página. Todos devem estar cansados de histórias que a mocinha se apaixona pelo cara mal e tudo mais... só que neste livro é diferente, olha eu garanto que todos vão amar a história, mesmo os meninos também vão gostar. Quem avisa amigo é viu...


Foi por causa de uma aposta que as coisas começam a esquentar na vida de Abby e Travis, ele com seu jeitão explosivo e doce ao mesmo tempo e ela com o jeitinho meigo que esconde segredos, ou seja, a combinação perfeita.Teve momentos que eu queria matar a Abby e teve momentos que Travis me irritou profundamente, pois é um exemplo de cara de pau e canalha.

Nossa falei tanto dos personagens principais, que já me esquecendo de mencionar os coadjuvantes: America melhor amiga de Abby é fofa demais eu a adorei. Shepley, primo e namorado de America, não fica para trás. Não posso deixar de mencionar também sobre a família do Travis pessoal: Jim, Trenton, Taylor, Tyler e Thomas, são demais kkkkk como a Abby diz no livro “Todos menos Thomas pareciam versões de Travis” Se a autora (que pra mim escreve muitooo bem) escrever um livro sobre cada um dos irmãos, com certeza será ótimo! 

Não quero contar mais nada, o que eu posso dizer é que esse livro é perfeito e a cada momento que passa você tem vontade de reler ele novamente, digo por mim, que já peguei três vezes o livro na mão para rever alguns trechos kkkkk.

0 recadinhos