Resenha: Inverno de Cinzas (Volume 2 - Série: Foi assim que te amei) - Adriana Brazil


Mais uma vez me emocionei, como essa história toca a gente, me envolveu e até me tirou de uma ressaca literária. A historia de Helen e Andy (sim eu o chamo pelo apelido) me arrancou lágrimas, é apaixonante e perfeito demais.

Não quero falar muito para não estragar a surpresa, mais vou deixar todos com bastante vontade de ler hehehe. Quem leu Outono de Sonhos, também vai adorar este livro e o que eu posso dizer, é que o final está de matar pessoal. Para quem chora lendo, separa o lenço por que vai chorar, oh se vai kkkk.
Em Inverno de Cinzas, Helen se depara com o momento mais crítico da sua vida. Nada diferente do forte Inverno que está sobre o país naquele ano. Tristeza, solidão, ressentimentos, lágrimas e dor, sopram as folhas deixadas pelo Outono de sonhos que Helen viveu, trazendo o frio da estação ao seu interior. O cinza que cobre seus dias a leva para uma profunda depressão. Ela encontra nos amigos, na família e na fé a força para continuar. Ela desabafa seus sentimentos na sua agenda, colocando suas emoções sufocadas pela saudade, como um Inverno sem cores, onde tudo ao seu redor, está completamente frio, cinza e sem vida.Uma comovente história e uma lição de esperança para todos aqueles que estão passando pelo inverno
O livro conta deixa o leitor em meio as lágrimas (como eu disse separa o lenço). Adriana Brazil escreve estas partes tão perfeitamente, que parecem reais e quando menos esperamos estamos conversando com os personagens (sim eu faço isso as vezes kkk). O nome do livro faz jus ao que a personagem principal enfrenta, um inverno terrível que a destrói por dentro, repleto de alegrias e lágrimas. Será que Helen sairá dessa bem? Só lendo para saber.

"Não sei o que fazer, não tenho para onde ir... Não me acho, não me encontro mais. Nas lembranças, achei um lugar silencioso para guardar minhas lágrimas." (trecho do livro)
Já Andrew é um caso a parte, o cara como sempre é um doce e não dá para ficar com raiva dele. Fora que em vários momentos me peguei suspirando. Ele tem um problema de saúde grave e vendo que a namorada está sofrendo com isso, ele toma uma decisão muito difícil, uma escolha que o destrói por dentro. O livro me ensinou muito principalmente a ter esperança, pois, Helen nunca perde a esperança em relação à doença de Andrew. E outra grande lição é a fé, o que seriamos sem ela? Nada não é?

O que mais eu posso dizer sem dar spoiler? Que vocês vão amar o livro e que assim que terminar vão querer devorar Primavera de Cores (volume 3 da série)! Sim isso acontecerá com vocês e tenho certeza que vai valer a pena ler o próximo livro da série. Também posso contar um pouquinho da turma né, ai como eu amo eles, estava com uma saudade enorme do Alan, do Richard, da Sarah e da Evelyn, e dos demais também. É incrível como tudo se encaixa perfeitamente neste livro e como não se apaixonar por todos os personagens, mesmo os mais chatinhos.

O cenário é a deslumbrante: Florianópolis, se eu tinha vontade de conhecer, agora estou doida para ir para lá (que pena que não entro em um avião). A capa está linda demais, (eu sou dessa que ama tudo que vê primeiro). Editora Novo Século está de parabéns pela diagramação perfeita e o acabamento lindo do livro! Agradeço a Dri (Adriana Brazil) pelo carinho especial de colocar uma frase minha na orelha do livro amei isso amiga.💓

0 recadinhos