Assim mesmo que te quero! - Gonçalves Reis

É assim mesmo que te quero:

Sem segredos, com malícias
Com vontades verdadeiras
E manhosa na jogada...

Assim mesmo que te quero:
Mais safada – atrevida –
Com toda feminilidade
Se entregar sem fazer doce...

Mais selvagem – insaciável –
Sem vergonha de mostrar-se
De realizar desejos
Muitos tempos reprimidos...

Venha logo meu amor!
Vamos praticar o esporte
Tão picante – que estimula
Cria vida logo após...

Venha logo! A vida passa,
Logo a neve das idades
Quer cair – e não tem jeito
De ficar só na saudade...

Venha logo! Já não quero
Esperar entre tanto sonho
Pulsa a desiderata
Mas que aquece a chama nós...


Eu a amo – não tem jeito

Desse transcendental
Mas cansou de fantasia
Quer versar mais informal...

Penetrar sofregamente
Se cansar muito depois
E no jogo incontinenti
Dois são um e um são dois...
15/08/08

0 recadinhos

Agradeço seu contato. Responderei assim que possível. Atenciosamente, Idianara Lira.